COMO VIDROS NA DECORAÇÃO PODEM DEIXAR SEU AMBIENTE MAIS SOFISTICADO?

Um ambiente bonito, agradável, funcional, com bom conforto visual e térmico é muito importante, pois impacta e muito a experiência dos usuários. Utilizar vidros na decoração é uma excelente opção para transformar os locais de forma simples, prática e colhendo diversas vantagens.

Contudo, muitas pessoas não imaginam as diversas possibilidades de uso de vidros na decoração. Se você também não conhece as variadas alternativas e vantagens da utilização de vidros, continue a leitura e não perca!

VANTAGENS E DESVANTAGENS DA UTILIZAÇÃO DE VIDROS NA DECORAÇÃO

O vidro pode ser usado na decoração de várias formas, como um detalhe ou, até mesmo, como aspecto decorativo principal — sendo a ideia de partida ou base para os outros objetos decorativos. Independentemente da forma, o uso de vidros possibilita diversos tipos de vantagens, vejamos alguns deles a seguir.

SEGURANÇA

O vidro possibilita tanto proteger móveis, bancadas e mesas como, também, escadas e outros locais, evitando quedas e acidentes. Além disso, o vidro apresenta diversos tipos de espessuras, que podem acarretar ainda mais segurança. Somado a isso, também podem ser arredondados nas quinas e possibilitam diversos tipos de cortes, formas e tamanhos, promovendo um uso mais seguro.

PLANEJAMENTO NA UTILIZAÇÃO DA LUZ

O vidro apresenta a capacidade de permitir a troca de luz entre ambientes, tornando-os mais leves e bem iluminados. Dessa forma, auxiliam na redução do consumo de energia elétrica. Ele pode ser usado em fachadas, janelas, portas, divisórias, objetos decorativos, em geral.

MAIOR ECONOMIA

Optar por vidros não proporciona apenas maior economia de energia em decorrência da melhoria na claridade do local, eles também são rápidos de instalar. Isso elimina a execução de outras etapas, que ao somar materiais, tempo e mão de obra, equivalem, aproximadamente, ao custo convencional. Portanto, além de prático e elegante, o vidro apresenta menor custo de instalação.

vidros na decoração

MAIS SOFISTICAÇÃO E BELEZA

O vidro proporciona um toque sofisticado aos ambientes, além de conferir maior beleza, modernidade e, até mesmo, características mais urbanas. Somado a isso, o vidro também proporciona uma sensação de que o espaço é maior, promovendo mais conforto e harmonia.

POSSIBILIDADES DE USO EM DIVERSOS AMBIENTES

O vidro pode ser usado em diversos ambientes, como salas, cozinhas, quartos, escritórios, lojas e comércios. Além disso, pode ser utilizado em guarda-copos, armários, cristaleiras, bancadas, mesas de centro e de jantar, jarros, vasos e demais elementos.

Veja algumas vantagens que possibilitam e incentivam o uso do vidro na decoração de vários locais. Confira!

ELEVADA DURABILIDADE

O vidro é um material de elevada durabilidade, quando comprado em fornecedores qualificados. A durabilidade está relacionada com o processo de fabricação do vidro, sendo os temperados mais qualificados, pois ao quebrarem, apresentam uma proteção que impede que os cacos se espalhem.

FÁCIL CUIDADO E BAIXO CUSTO COM MANUTENÇÃO

Devido à elevada durabilidade e a composição, os vidros são facilmente limpos e apresentam baixíssima taxa de reparo e manutenção, tornando-os uma opção ainda mais interessante para ser usado como elemento decorativo.

MAIOR CONFORTO ACÚSTICO

Essa propriedade é dependente da espessura do vidro, assim como as demais características, como a composição. Quanto maior a espessura, maior tende a ser o conforto acústico, impedindo que ruídos desagradáveis incomodem com frequência.

PRINCIPAIS TIPOS DE VIDROS NA DECORAÇÃO

Com o crescimento da tecnologia e a ampliação do uso de vidros, cada vez mais são criados modelos e opções de vidro, como:

  • vidro colorido/pintado — é um tipo que pode ser obtido de três maneiras distintas: com massa colorida, laminado PVB e pintado. É possível encontrar diversas cores no mercado;
  • vidro laqueado — é um tipo parecido com o pintado, porém, a coloração é colocada em apenas um lado;
  • vidro impresso — apresenta grande variedade de textura, além de superfícies suaves e uniformes que facilitam a difusão da luz;
  • vidro extraclear — tem um pouco de ferro em sua composição, adquirindo um tom esverdeado, mas mantendo-se transparente como cristal;
  • vidro serigrafado — esse é pintado como se fosse uma tela, que pode ser desenhada ou colorida;
  • espelho — muitas pessoas não sabem, mas esse também é um tipo de vidro que recebeu uma camada de prata em uma das faces. Existem opções de espelhos incolores — mais comuns — e nas cores bronze e cinza.

vidros na decoração

Leave a reply